Portal da Cidade Cabo Frio

SAÚDE

Terceira dose da vacina da AstraZeneca aumenta anticorpos contra a Ômicron

O aumento da resposta foi observado em pessoas que receberam previamente a vacina da AstraZeneca ou uma vacina de mRNA, disse a farmacêutica

Publicado em 14/01/2022 às 10:00 |

Dados são os primeiros divulgados pela empresa de seus testes em reforços de sua vacina. (Foto: Dado Ruvic/Reuters)

A AstraZeneca informou nesta quinta-feira (13), que dados preliminares de um teste mostraram que a sua vacina contra a Covid-19, Vaxzevria, gerou uma resposta mais alta de anticorpos contra a variante Ômicron e outras, incluindo Beta, Delta, Alfa e Gama, quando administrados como uma terceira dose de reforço.

O aumento da resposta foi observado em pessoas que foram previamente vacinadas com Vaxzevria ou uma vacina de mRNA, disse a farmacêutica, acrescentando que enviaria esses dados a reguladores em todo o mundo, dada a necessidade urgente de reforços.

A AstraZeneca desenvolveu a vacina com pesquisadores da Universidade de Oxford, e estudos de laboratório no mês passado descobriram que um curso de três doses de Vaxzevria foi eficaz contra a nova variante que se espalha rapidamente.

Os dados são os primeiros divulgados pela empresa de seus testes em reforços de sua vacina.

A empresa disse que aumenta as evidências crescentes que apoiam uma terceira dose de sua vacina, independentemente do calendário de vacinação primária.

“Esses estudos importantes mostram que uma terceira dose de Vaxzevria após duas doses iniciais da mesma vacina, ou após mRNA ou vacinas inativadas, aumenta fortemente a imunidade contra a covid-19”, disse o chefe do Oxford Vaccine Group, Andrew Pollard, em comunicado.

Um grande teste britânico em dezembro descobriu que a injeção da AstraZeneca aumentava os anticorpos quando administrada como reforço após a vacinação inicial com sua própria injeção ou da Pfizer (PFE.N) , que é baseada na tecnologia de mRNA. consulte Mais informação

No entanto, o estudo concluiu que as vacinas de mRNA feitas pela Pfizer e Moderna (MRNA.O) deram o maior impulso aos anticorpos quando administradas como dose de reforço.

Fonte:

Receba as notícias de Cabo Frio no seu WhatsApp.
Clique aqui, é gratis!

Deixe seu comentário

Outras notícias